24.10.10

Face-de-pau

Enquanto dormia, um anjo insensato,
Desses que vivem de sombra e água fresca,
Telefonou-me. Nada disse.

Como julguei ser o despertador,
Desliguei.

Nunca mais o vi.
Nunca mais nos falamos.

Um comentário:

botelhow disse...

Celular de despertador sempre traz a dúvida:
se alguém se importa com você, ou se simplesmente vc que se importa em por-se de pé.